CHRIS FRANCINI

NYFW - 6º dia

Chris Francini, Consultoria de Moda, Conteúdo da Chris, Dica da Chris, Escolhas da Chris, Fashion, Moda, Marcas, TendênciasChris FranciniComment

       Tory Burch: O desfile foi pautado pelo contraste entre tecidos naturais, bordados e efeitos furta-cor. A estilista também explorou o uso de franjas e texturas, como a renda guipire. Tudo era bem delicado, sofisticado e com um ar ligeiramente boho. As bijoux tinham efeito oxidado, e a ideia dela era falar da beleza encontrada em lugares inesperados.

       Oscar de La renta: O britânico Peter Copping segue injetando um leve frescor ao DNA inconfundível da casa, apresentando longos estampados menos rígidos e que brincam com a mistura com renda, além de uma série de vestidos vermelhos e pretos dramáticos foram apresentados no desfile.

       Rodarte: As irmãs Mulleavy, hábeis em trabalhar de um jeito cool tecidos românticos como a renda e decorativismos desgastados como paetês e babados, apostando numa imagem que consegue ser vintage sem perder o frescor, dão um passo à frente ao proporem terninhos de festa feitos de lurex ou inteiramente bordados com paetês.