CHRIS FRANCINI

NYFW - 7º dia

Chris Francini, Consultoria de Moda, Dica da Chris, Escolhas da Chris, Fashion, Moda, TendênciasChris FranciniComment

       Boss: A marca deixou um pouco de lado a silhueta estática na qual apostou até então e optou pelas mais fluidas, não menos urbanas, ás vezas até enfeitadas com franjas de tecidos ou miçangas, em looks monocromáticos sempre, mostrando que a sua mulher também pode ter um lado festeiro e frívolo.

       Michael Kors: A camisaria ganha versões oversized com mangas super longas ou então de seda, com caimento bufante e ar boêmio, combinadas a saias lápis de couro ou evasê, também de tecido fluido, arrematadas por cintos grossos usados na linha do quadril e com fivela de lado, misturando sutilmente o estilo feminino e masculino.

       Marchesa: A marca trouxe duas mulheres para a passarela, a romântica e a translúcida que adora tons pastéis e preto com transparência sensual para a noite. Destaque para os vestidos mil-folhas de tule nas cores do arco íris, além dos modelos tipo coluna, bordados com contas da mesma cor do tecido ou lisos e levíssimos.

       Proenza Schouler: Coleção essencialmente preta e branca, propõe para o verão uma alfaiataria alongada, de um riquíssimo patchwork discreto de texturas, para serem usadas com calças curtas plissadas, seguida por uma leva de vestidos de festa que trabalham o babado de uma forma super divertida. Os ombros são as partes do corpo que vão ficar de fora na próxima estação!