CHRIS FRANCINI

MFW - 3º, 4º e 5º dias

Chris Francini, Consultoria de Moda, Conteúdo da Chris, Dica da Chris, Escolhas da Chris, Fashion, Marcas, Moda, TendênciasChris FranciniComment

       Emporio Armani: O desfile da marca, batizado de brisa de verão, trouxe uma paleta de cores muito suave, com silhuetas bem fluidas e muita transparência. O estilista quis que as peças dessem a impressão de serem tão fáceis de vestir quanto um foulard amarrado no pescoço.

       Etro: Desfile com uma silhueta muito romântica e leve que retratavam os tecidos típicos do sul da França, com uma rica padronagem folk do leste europeu, onde as camisolas para noite foram o destaque da coleção. 

       Blumarine: Camisaria desconstruída e vestidos longos bordados com flores coloridas, tanto para dia com um estilo mais esportivo, quanto para festa com brilhos e transparências. 

       Versace: A marca trouxe para as passarelas peças com modelagens estruturadas, militarismos, comprimentos curtos e recortes poderosos, em uma alfaiataria impecável com vestidos super sexys, acompanhados de fendas e caudas. Destaque para a estamparia de bicho, psicodélica, além do couro cortado a laser.

       Antonio Marras: As tapeçarias do leste europeu foram as principais referencias para a marca criar sua coleção de verão. Apostou no contraste entre leveza e rigidez, com uma cartela sóbria e uma silhueta bem comportada.

       Jil Sander: O estilista deixou mais feminino e desabado o rígido minimalismo da marca, mostrando um repertório que vai bem da camisa branca a calça de alfaiataria preta. Destaque para os vestidos camisa e os maxiternos em uma linda paleta de cores.

       Dolce e Gabbana:  A marca trouxe um desfile com as suas silhuetas já consagradas, vestidos colados, comprimentos curtos, evasês volumosos e túnicas combinadas a calças cigarettes, com bordados ou estampas referencias da casa, com motivos típicos, das cerâmicas e souvenirs de Veneza.