CHRIS FRANCINI

Resumo Semana de Moda de Nova Iorque Primavera/Verão 2017

Chris em NY, NYFWChris FranciniComment

A semana de moda de Nova Iorque terminou e antes de falarmos sobre Londres, fiz um resumo de todos os desfiles, alguns que pude acompanhar com as alunas do curso de Consultoria de Moda e Estilo e Pesquisa de Tendências em NY, como: Layana Aguilar e Victoria Beckham. Confiram:

Tom Ford

Na noite de quarta-feira, 7, em um jantar no Four Seasons, Tom Ford se apresentou na Semana de Moda de Nova Iorque. Apesar da maioria das marcas desfilar seu verão 2017, o estilista optou pelo conceito “see-now-buy-now”, com a coleção de inverno que já começa a chegar às lojas. A ideia desta temporada é de as pessoas serem quem de fato são, buscando a ideia de glamour atrelado a diversidade.
Na passarela, as peças mais curtas e de modelagem justa, deram lugar para comprimentos midi, casacos alongados, vestidos longos e o confortáveis. O couro, pele e tweed são destaque de produções com uma cartela de cores neutras: Preto, cinza, terrosos, e alguns tons vibrantes e muito brilho.

Jason Wu

No terceiro dia de NYFW, o estilista apresentou um desfile feminino e delicado. Vestidos, calças e blusas em tons de azul, verde limão e rosa, mas o destaque é o floral, que aparece em muitas peças na forma de aplicações nas cores neon e em tecidos leves, algumas vezes transparentes.

Tommy Hilfiger

Um parque de diversões, ou melhor Tommy Pier, foi montado em South Street Seaport, para a apresentação da nova linha da grife, que tem como marca registrada a inspiração do universo navy. Além das suas peças, o evento também apresentou a parceria com a modelo Gigi Hadid. O que me chamou mais atenção foi a mistura de casacos pesados e tricôs com vestidos e peças leves. Nas estampas, muitas listras, âncoras e botões diferenciados. O estilista foi mais um a adotar o “see now, buy now” e já é possível encontrar as peças na loja.

Lacoste

Inspirada na Villa Malaparte, em Capri, a Lacoste traz um verão fresh e colorido. Sem perder sua identidade, alguns dos modelos oversized ganham versões com cintura marcada por cintos ou faixa em vestidos. Na cartela de cores: Verde, laranja, azul, branco, amarelo, roxo e cinza... Muito colorido! Nos sapatos, tamancos de madeira e tênis branco valorizam o conforto e estilo.

Tibi

Coleção com tecidos leves e tons vibrantes, como amarelo, laranja, rosa e verde... A cara do verão! Mas em alguns looks, as camisas de algodão compõem produções mais clássicas. Destaque para as mangas volumosas, elas estarão em alta na temporada.

Alexander Wang

Desconstrução é a melhor palavra para descrever a coleção de verão da marca. A alfaiataria ganhou recortes e amarrações trazendo um ar mais sexy a mulher, as camisas foram transformadas em croppeds, saias e vestidos. Todas as peças receberam um ar praiano com biquínis à mostra e amarrações. Em outro momento do desfile, produções em neon trouxeram a mistura do esportivo com a praia.
A surpresa veio ao final do desfile, onde foi apresentada a nova parceria Alexander Wang e Adidas Original.

Victoria Beckham

Uma apresentação mais madura, menos sexy e vários detalhes em alta, como: Babados assimétricos, tiras, amarrações e botas sem salto. O mais diferente foi vê-la entrar no final da passarela com essa silhueta mais desconstruída. Adorei!

Carolina Herrera

No verão 2017 da marca, muitos vestidos e saias com volume extra e cintura marcada com faixas ou corsets, que trazem um ar moderno as produções. Apesar das características fortes, o desfile traz um ar leve com a cartela de cores, que varia entre o branco e o azul. O jeans também esteve muito presente na passarela.

Jeremy Scott

Um desfile super colorido, com estampas e peças divertidas é característico de Jeremy Scott, para o verão 2017, ele se inspirou no estilo pop dos anos 80. Peças ousadas e cheias de referências, que misturam o esportivo com sexy e outros estilos.

Oscar De La Renta

Após a saída de Peter Copping, quem assina a coleção de verão da marca, é o time da Oscar De La Renta. Os novos diretores criativos – Laura Kim e Fernando Garcia – só assumem a posição em fevereiro. O verão 2017 foi dividido em duas partes, uma série leve, com peças soltas, detalhes vazados, transparência e cores claras. E para produções noturnas, o brilho entra em cena com bordados, estampas e saias volumosas.

DKNY

O desfile traz uma coleção esportiva e sexy ao mesmo tempo. Vestidos e saias curtas foram combinados com moletons e tênis, muito conforto. O mix de tecidos vai desde o tricô a tecidos high-tech. A marca investiu em produções monocromáticas e principalmente, nas cores azul, branco e verde.

Layana Aguilar

Levei minhas alunas ao desfile da estilista brasileira e talentosa Layana Aguilar, que participou e venceu o famoso reality show de televisão Project Runway, focado em design de moda.
No High Line Elevated Park, Layana brilhou com a sua coleção primavera 2017, com uma pegada esportiva sem deixar o feminino de lado. Neoprene, telas, babados e bordados sutis foram os destaques do desfile. Outro item que chamou bastante a atenção foi o tênis branco – deu para perceber que ele continua em alta, é clássico e fácil de combinar. Ou seja, vale o investimento.

Michael Kors

Trouxe um verão romântico com vestidos mídis, babados e cintura alta, bem modelados ao corpo. A alfaiataria oversized também esteve presente, com ombros maiores e, mais uma vez, a cintura bem marcada. Destaque para os babados que aparecem principalmente nas mangas. Amei!

Ralph Lauren

No último dia de NYFW, a marca levou uma coleção inspirada no country. Investiu em tons neutros como marrom, preto e off-white em ponchos, jaquetas, jeans bordado, maxi cintos e outras peças que remetem ao estilo.
Mas no final, uma segunda opção para o verão, looks de cores vibrantes com paetês e recortes vazados, seguindo o estilo setentista.
O formato “see now, buy now” embalou quase todas as marcas desta temporada, e a Ralph Lauren não ficou de fora, disponibilizou todas as peças para suas flagships ao redor do mundo!

Fotos: Divulgação/Agencia Fotosite