CHRIS FRANCINI

see now buy now

Resumo Semana de Moda de Nova Iorque Primavera/Verão 2017

Chris em NY, NYFWChris FranciniComment

A semana de moda de Nova Iorque terminou e antes de falarmos sobre Londres, fiz um resumo de todos os desfiles, alguns que pude acompanhar com as alunas do curso de Consultoria de Moda e Estilo e Pesquisa de Tendências em NY, como: Layana Aguilar e Victoria Beckham. Confiram:

Tom Ford

Na noite de quarta-feira, 7, em um jantar no Four Seasons, Tom Ford se apresentou na Semana de Moda de Nova Iorque. Apesar da maioria das marcas desfilar seu verão 2017, o estilista optou pelo conceito “see-now-buy-now”, com a coleção de inverno que já começa a chegar às lojas. A ideia desta temporada é de as pessoas serem quem de fato são, buscando a ideia de glamour atrelado a diversidade.
Na passarela, as peças mais curtas e de modelagem justa, deram lugar para comprimentos midi, casacos alongados, vestidos longos e o confortáveis. O couro, pele e tweed são destaque de produções com uma cartela de cores neutras: Preto, cinza, terrosos, e alguns tons vibrantes e muito brilho.

Jason Wu

No terceiro dia de NYFW, o estilista apresentou um desfile feminino e delicado. Vestidos, calças e blusas em tons de azul, verde limão e rosa, mas o destaque é o floral, que aparece em muitas peças na forma de aplicações nas cores neon e em tecidos leves, algumas vezes transparentes.

Tommy Hilfiger

Um parque de diversões, ou melhor Tommy Pier, foi montado em South Street Seaport, para a apresentação da nova linha da grife, que tem como marca registrada a inspiração do universo navy. Além das suas peças, o evento também apresentou a parceria com a modelo Gigi Hadid. O que me chamou mais atenção foi a mistura de casacos pesados e tricôs com vestidos e peças leves. Nas estampas, muitas listras, âncoras e botões diferenciados. O estilista foi mais um a adotar o “see now, buy now” e já é possível encontrar as peças na loja.

Lacoste

Inspirada na Villa Malaparte, em Capri, a Lacoste traz um verão fresh e colorido. Sem perder sua identidade, alguns dos modelos oversized ganham versões com cintura marcada por cintos ou faixa em vestidos. Na cartela de cores: Verde, laranja, azul, branco, amarelo, roxo e cinza... Muito colorido! Nos sapatos, tamancos de madeira e tênis branco valorizam o conforto e estilo.

Tibi

Coleção com tecidos leves e tons vibrantes, como amarelo, laranja, rosa e verde... A cara do verão! Mas em alguns looks, as camisas de algodão compõem produções mais clássicas. Destaque para as mangas volumosas, elas estarão em alta na temporada.

Alexander Wang

Desconstrução é a melhor palavra para descrever a coleção de verão da marca. A alfaiataria ganhou recortes e amarrações trazendo um ar mais sexy a mulher, as camisas foram transformadas em croppeds, saias e vestidos. Todas as peças receberam um ar praiano com biquínis à mostra e amarrações. Em outro momento do desfile, produções em neon trouxeram a mistura do esportivo com a praia.
A surpresa veio ao final do desfile, onde foi apresentada a nova parceria Alexander Wang e Adidas Original.

Victoria Beckham

Uma apresentação mais madura, menos sexy e vários detalhes em alta, como: Babados assimétricos, tiras, amarrações e botas sem salto. O mais diferente foi vê-la entrar no final da passarela com essa silhueta mais desconstruída. Adorei!

Carolina Herrera

No verão 2017 da marca, muitos vestidos e saias com volume extra e cintura marcada com faixas ou corsets, que trazem um ar moderno as produções. Apesar das características fortes, o desfile traz um ar leve com a cartela de cores, que varia entre o branco e o azul. O jeans também esteve muito presente na passarela.

Jeremy Scott

Um desfile super colorido, com estampas e peças divertidas é característico de Jeremy Scott, para o verão 2017, ele se inspirou no estilo pop dos anos 80. Peças ousadas e cheias de referências, que misturam o esportivo com sexy e outros estilos.

Oscar De La Renta

Após a saída de Peter Copping, quem assina a coleção de verão da marca, é o time da Oscar De La Renta. Os novos diretores criativos – Laura Kim e Fernando Garcia – só assumem a posição em fevereiro. O verão 2017 foi dividido em duas partes, uma série leve, com peças soltas, detalhes vazados, transparência e cores claras. E para produções noturnas, o brilho entra em cena com bordados, estampas e saias volumosas.

DKNY

O desfile traz uma coleção esportiva e sexy ao mesmo tempo. Vestidos e saias curtas foram combinados com moletons e tênis, muito conforto. O mix de tecidos vai desde o tricô a tecidos high-tech. A marca investiu em produções monocromáticas e principalmente, nas cores azul, branco e verde.

Layana Aguilar

Levei minhas alunas ao desfile da estilista brasileira e talentosa Layana Aguilar, que participou e venceu o famoso reality show de televisão Project Runway, focado em design de moda.
No High Line Elevated Park, Layana brilhou com a sua coleção primavera 2017, com uma pegada esportiva sem deixar o feminino de lado. Neoprene, telas, babados e bordados sutis foram os destaques do desfile. Outro item que chamou bastante a atenção foi o tênis branco – deu para perceber que ele continua em alta, é clássico e fácil de combinar. Ou seja, vale o investimento.

Michael Kors

Trouxe um verão romântico com vestidos mídis, babados e cintura alta, bem modelados ao corpo. A alfaiataria oversized também esteve presente, com ombros maiores e, mais uma vez, a cintura bem marcada. Destaque para os babados que aparecem principalmente nas mangas. Amei!

Ralph Lauren

No último dia de NYFW, a marca levou uma coleção inspirada no country. Investiu em tons neutros como marrom, preto e off-white em ponchos, jaquetas, jeans bordado, maxi cintos e outras peças que remetem ao estilo.
Mas no final, uma segunda opção para o verão, looks de cores vibrantes com paetês e recortes vazados, seguindo o estilo setentista.
O formato “see now, buy now” embalou quase todas as marcas desta temporada, e a Ralph Lauren não ficou de fora, disponibilizou todas as peças para suas flagships ao redor do mundo!

Fotos: Divulgação/Agencia Fotosite

SPFW Verão 2017 - 2° Dia

SPFWChris FranciniComment

Paula Raia abriu o segundo dia do evento com um desfile lindo, onde apresentou looks brancos com mistura de texturas e volumes, tanto na saia, como na parte de cima. A cintura bem marcada voltou para a sua coleção com uma silhueta mais feminina.

Nesta temporada, a Osklen trouxe uma proposta diferente das outras marcas. O estilista trocou as passarelas para apresentar a nova coleção na própria loja da marca localizada na Vila Madalena, em São Paulo. Os convidados puderam sentir a textura das roupas em manequins e araras. E ainda, do lado de cada peça, um IPad mostrava as modelos usando os looks e detalhes da criação. Com uma cartela de cores que varia do laranja, passando por tons de azul, até o verde militar, a coleção tem grandes referências a natureza. As modelagens estão mais soltas, com desconstruções em camisarias e um mix de tecidos e estampas. 

Vix: Estreou no SPFW com força na moda praia e pós praia! A cartela de cores é elegante, desde o branco e preto, até a mistura linda de vinho, rosa e laranja. Vestidos leves e descomplicados de desejo imediato. As coleiras e bolsas de palha foram o acessório chave da apresentação, deixam a produção mais atual.

Para esta temporada, Lolitta trouxe um desfile com tricot mais leve e colorido. Com texturas e modelagens mais variadas, apostou em tons mais claros contrastados com neon, além de laços e um mix de figuras gráficas, deixando partes da pele descoberta, marca registrada desde a última coleção.

Adriana Degreas apresentou um lindo desfile para as passarelas, sem peças muito comerciais. Apostou na mistura de materiais e cores, como o marrom e vinho. Os longos caftans com estampa localizada e plissados continuam em suas coleções. Destaque para a flor inspirada na Indochina Francesa.

A. Brand fez sua estreia nas passarelas com um desfile de desejo imediato inspirado no Hawai! Estampas com flores grandes e tecidos fluidos, uma proposta bem comercial. Adorei o constraste das bombers bordadas ou estampas combinadas com saias midi. Atenção para as mangas longas e vários looks pijama. 

Juliana Jabour surpreendeu com um street jovem, desejável e comercial para sua nova coleção. A mistura de listras, bombers maiores combinadas com saias em ponta, criaram looks fáceis de usar. Destaque para os acessórios, como os brincos são um sucesso.

Inspirada no Brasil, PatBo apresentou uma coleção com a mistura de cores e lindos bordados das nossas flores e folhas. As peças foram feitas na técnica de moulage (conhecida como tridimensional), que é a construção da roupa no corpo feminino. Atenção para o jeans bordado, novidade da marca desta temporada.

Um dos desfiles mais esperados da edição 41, foi o Karl Lagerfeld for Riachuelo, o fast fashion que trouxe o see now, buy now, colocou suas peças à venda nas passarelas, após a apresentação. A coleção é a cara do estilista da Chanel e Fendi, o preto predomina as peças que contam com tweed, bastante skinny e a famosa gola de couro. Os acessórios fizeram muito sucesso, em particular as bolsas com a estampa de sua gata Choupette!

Fotos: Zé Takahashi/ Agência Foto Site